Só não muda de idéias
quem não as tem.

domingo, 28 de dezembro de 2008

2000INOVE?

Engraçado como um ciclo se fecha e vem todo esse "poder" de renovação. Mas...peraí, que renovação toda é essa?
O que não faltam são mensagens de "mudança", de "vai ser diferente", "as coisas vão melhorar". O que é bastante compreensível, após um ano exaustivo. Porém, parece brincadeira a ilusão que toma conta de tanta gente que sai dizendo por aí que 'tudo na vida vai mudar'. E sinceramente dizendo, já me peguei pensando: Que puta força de renovação! Mas será que isso tudo não é mais uma alienação nossa? Porque lá no fundo, sabemos que as contas de janeiro chegarão, junto com o ipva e o iptu. E as faculdades continuarão lá, as provas ficarão mais difíceis, seu chefe ainda estará lá exigindo, e você ainda precisará pagar suas contas.
Sabemos que as dificuldades humanas sempre estarão presentes, são como um fardo que teremos que carregar até o fim de nossas vidas. E aí que entra o poder da transformação (ou do bom marketing nacional mesmo).
A certeza que tenho sobre esse processo todo é que o tempo passa e junto com ele se renova uma coisa em mim e na maioria das pessoas que se chama .
Esperança de que um dia meus problemas terão solução, que eu ainda ganharei na mega-sena,  que um belo dia não haverá mais tanta pobreza, fome e violência no mundo.
O poder de transformação a qual vos falo não vem de simples palavras ou mensagens bonitas sobre inovação em outdoors. Mudar requer um processo muito maior do que apenas a idéia de fazê-lo. Renovação? Sempre. Mas com os dois pés no chão e nada da boca pra fora. Mudar é totalmente necessário, dividir o tempo em fatias é uma dádiva que temos. Depois de todas as turbulências que passamos na vida, e no mundo, conseguimos unir os mesmos votos e pedir novamente a paz, o amor e a saúde. Discordo da teoria desses votos, da banalidade que eles têem. Mas concordo plenamente com a força de vontade das pessoas, que juntamente com a esperança é capaz de realizar mudanças reais em uma vida. Eu sou humana, tenho vida dentro de mim, sei que não se pode viver de sonhos, mas que grande parte da vida é feita por eles.

5 comentários:

projeto Lúdico disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Cavalcanti disse...

"Não há lugar pra lamúrias, essas não caem bem, não há lugar pra calúnias, mas por que não nos reinventar?"

Engraçado como esse trecho da música da Marina Lima, o tango-funk "Três", até chega a ser banal depois desse seu post! Realmente, fim de ano e início de outro é cheio de promessas de uma reinvenção, de uma nova vida, a pessoa jura de pés juntos que andará por outros mundos, outros assuntos, pra outro lugar... mas mal tira os pés do chão!
Eu sou contra essas mensagens e correntes de fim de ano... não gosto! não passo! não leio! Acho até meio feio se você quer saber! Mas nos são sempre passados...!

Concordo contigo... já que a esperança é a última que morre vamos curtir sua longa vida de maneira plausível, veja bem, plauísvel e não plácida... Vamos sonhar alto, mas realizar apenas o que podemos realizar!

adorei o post, você, como sempre, se superou ;)

bjo grande.

BC.

Michelle disse...

Realmente Tha !
O que seria de nós se não houvesse este tempo para refletir sobre o tempo que passou e das coisas que fizemos?
tirar um tempo pra si mesmo, um tempo para ver ou fazer aquelas coisas que nunca conseguimos devido a falta de tempo ou oportunidade...
Desejar, planejar, pedir, agradecer...

Mas a vida continua... e como dizia Cazuza "O tempo não pára!"
O tempo não pára para que nós ajeitemos nossas vidas!

Mas aí vem mais um destes períodos de tempo, que demominamos "ANO" !
e sinceramente eu desejo poder dizer isso muito mais vezes! quero poder desejar mais um ano vida até que eu me canse disso... e quero ter você perto de mim até o último deles!!!

Valquiria Helena disse...

Thais... a mudança tem sempre que ser feita primeiramente dentro de nós mesmos...
Você não me conhece, so amiga do Toni, ele me mando o seu blog e eu gostei muito, você tem uma linguagem clara e elegante... não faz comentários fúteis como nas maioria dos blogs.. parabéns, você tem tudo pra se tornar uma escritora de sucesso caso você queira...
Excelente Blog...
Beijos Val =]

Valmir disse...

Ei garota!
Aqui estou eu novamente a ver-te em palavras.
Ah, palavras. O que são além de símbolos. Olhe pra elas durante algum tempo, ou repita-as várias vezes e seu significado desaparece.
Então que simplesmente as escrevamos como prova do livre pensar, do marcar o tempo em e como vivemos.
Profundo isto né? Filosofia pura ou prova de nossa real existência.
Parabéns garota, continue assim, escrevendo, pensando, escrevendo... vivendo.
Valmir
( pai da Michelle )